Peeling Químico

VOLTAR

  Como Funciona: O Ácido Retinoico, conhecido também por Tretinoína, é uma substância derivada da Vitamina A. Ou seja, o Ácido Retinoico é a forma oxidada da Vitamina A. O ácido é aplicado na pele em forma de máscara e penetra na pele atingindo somente sua camada superficial. Da maneira em que é aplicado, o Ácido Retinoico faz uma leve esfoliação na pele, ativando a microcirculação. Ao ativar a microcirculação, a pele é estimulada, fazendo com que ocorra o processo da neocolagênese e da elastogênese, quais sejam, a produção de novas fibras de colágeno e de novas fibras de elastina, respectivamente. O colágeno promove a firmeza da pele e a elastina, como sua própria terminologia sugere, confere a elasticidade. Além do aumento da produção do colágeno e da elastina, o Ácido Retinoico promove a aceleração da renovação celular, por esfoliar e descamar a pele, bem como a leve compactação da camada córnea da pele, e é por isso que o Ácido Retinoico é muito indicado para o tratamento de estrias. Os resultados são ótimos para quem deseja tratar estrias, mudar o aspecto da pele, deixando-a mais hidratada, viçosa e confere um brilho natural.

Indicações:

  • Rugas finas.
  • Melanoses (manchas) solares
  • Cicatrizes pós acne.
  • Sinais, marcas e sardas (efélides).
  • Brilho e luminosidade a pele.

Aplicação:

  Equivalente a um peeling químico superficial, esta técnica apresenta algumas vantagens, destacando-se a ausência de queimação e o não comprometimento da rotina diária da pessoa, pois a descamação resultante é discreta e não impede o convívio social.

  Após cada aplicação, o ácido retinóico deve permanecer na pele durante 5 a 6 horas, quando então pode ser retirada através de lavagem com água e sabonete suave.

  A pele deve ser preparada, para receber melhor o tratamento, com a utilização, em casa, de formulação contendo ácido retinóico e agentes clareadores, como hidroquinona, ácido kójico, ácido fítico. Esta medicação deve ser mantida durante todo o tratamento. Durante o dia, antes de sair ao sol ou mormaço, deve ser usado um protetor solar, pois a pele fica mais sensível à radiação solar. No dia seguinte ao peeling a pele pode ficar levemente rosada e, dois dias após, começa uma fina descamação, da cor da pele, que dura de 3 a 5 dias. Os resultados começam a ser percebidos logo após o primeiro peeling com a sensação de melhora da textura da pele, que fica mais lisa. Com a continuação do tratamento, melhoram também as manchas e rugas finas. Pode ser feito tanto em peles claras quanto em peles morenas.

Local de Aplicação: Rosto, colo, mãos, dorso, braços, costas e em estrias.

Tempo de Aplicação: 30 minutos, permanecendo com a máscara de 5 a 6 horas

Contra Indicações: gestantes, ferimentos ou herpes ativo.

Número de Sessões: 4 a 6 sessões.

Intervalos das Sessões: Os peelings superficiais, em geral, são realizados com intervalos que variam de uma semana a 15 dias.

 

VOLTAR AO TOPO

VOLTAR A TRATAMENTOS