Drenagem Linfática

VOLTAR

  É uma técnica de massagem altamente especifica. Utiliza a pressão das mãos através de movimentos suaves e lentos, seguindo o trajeto do sistema linfático.

  Como funciona: Quando o sistema circulatório não cumpre corretamente a sua função, o corpo fica sobrecarregado por um excesso de líquidos que não consegue absorver. Esse fenômeno se traduz por sintomas como celulite e retenção de líquidos, peso nas pernas ou aparecimento de edemas.

  A Drenagem Linfática atua por estimulação seqüencial, favorecendo a abertura das micro-válvulas do sistema linfático, drenando o tecido e transportando a linfa para os linfonodos, fazendo com que o acúmulo de substâncias tóxicas sejam encaminhadas para os órgãos de eliminação, como a pele e os rins. É normal haver um aumento da necessidade de urinar.

Indicações:

  • Desintoxicar e diminuir edemas.
  • Combater e prevenir a celulite, melhorando a oxigenação do tecido.
  • Gestantes e pessoas com prisão de ventre.
  • Pré-operatória para diminuir a retenção de líquidos, melhorar a circulação periférica e fortalecer o sistema imunológico, preparando assim o paciente para o procedimento cirúrgico.
  • Pós-operatória para acelerar o processo de cicatrização dos tecidos, diminuir o edema e/ou tratar a fibrose. Com ela o paciente tem uma excelente recuperação pós cirúrgica.

Aplicação: Para realizar a Drenagem Linfática, o profissional percorre todo o corpo (por inteiro ou áreas específicas) com as palmas das mãos e pontas de dedos em toques bastante suaves, movimentando a linfa em direção aos gânglios linfáticos, que o drena para fora do corpo através da urina e suor. A massagem deve ser rítmica, sem muita pressão — já que a linfa está presente na superfície da pele e seu fluxo é relativamente lento. Assim, não há a necessidade de manobras que provoquem dor ou desconforto. A idéia é que ela seja relaxante, causando uma ótima sensação de bem estar, ajudando a limpar e nutrir a pele.

Local de Aplicação: Todo o corpo ou áreas específicas.

Tempo de Aplicação: 50 minutos. Pós-operatória varia conforme a região a ser tratada.

Contra Indicações: Tumores, tromboses venosas profundas, infecções agudas.

Número de sessões: 10 sessões.

Intervalos das sessões: Diariamente ou de 2 a 3 vezes por semana.

 

VOLTAR AO TOPO

VOLTAR A TRATAMENTOS